Visite nosso canal no YouTube:

Visite nosso perfil no Facebook:


Siga-nos no Twitter:

 


 

Slade bate recorde de Elvis e Beatles 
(Parte 3)
     

"You know how to skweeze me
(Woh Oh)

You know how to pleeze me
(Woh Oh)
You're learnin' it easy
(Woh Oh)
And I thought you might like to know
When a girl's meaning yes, she says no..."

        Mais um ano iniciava – 1973. O que faltava para o Slade conquistar? Austrália, Japão, Alemanha, Escandinávia, todos estava nas mãos do grupo. As paradas de sucesso eram deles. Mas e a América? Este era o mercado. Em 1972, os impostos britânicos "mordiam" 83% dos ganhos. Sucesso nos Estados Unidos significaria lucros maiores, sem os altíssimos descontos. Ah, George Harrison era mesmo um visionário, com sua ‘Taxman’, de 1966.

 

 

      Um Pouco de História...

        Como a Polydor americana simplesmente lançava os discos do grupo sem nenhuma divulgação, Chas Chandler decidiu não renovar o contrato de distribuição e assinar com a poderosa Warner Brothers. Mas ainda ia levar um tempinho até a mudança. A invasão americana estava sendo preparada. Enquanto isso, um show no lendário London Palladium acontecia. Era parte das comemorações pela entrada da Inglaterra no Mercado Comum e o grupo foi convidado especialmente pelo Governo. Segundo relatos de todos os presentes, durante o show do Slade, os balcões superiores balançavam como uma gangorra, devido aos pulos dos fãs. Mas o pior aconteceu com os assentos da platéia: metade estava destruída após o show. O grupo nunca mais foi convidado para tocar no Palladium.

Anúncio do convite para o 'Slade' tocar no Palladium
Agradecimento do 'Slade' e de Chas Chandler aos fãs

 

'Slade' ao vivo no Palladium

 

        No final de Janeiro o grupo embarca em uma turnê pela Austrália, junto com o Caravan e o Status Quo, que nesta época ainda divulgava o LP Dog of Two Heads e seus compactos. Foi uma turnê de excessos, principalmente pelo público australiano, totalmente selvagem. Os shows colocavam a banda quanse que no colo da platéia, como mostra esta foto de Dave Hill.

Esta outra foto mostra bem o que eram os shows na Austrália. Detalhe: muitos jovens com "suásticas". Esperando o Slade "skinhead"?

Amostra da loucura na Austrália (imagem ruim)

 

Shows em Janeiro
31 - Perth Oval, Perth - Austrália
29 - Lang Park, Brisbane - Austrália
28 - Royal Randwick Racecourse, Sydney - Austrália

27 Albert Park, Auckland - Nova Zelândia

15 - Edmonton Sundown, Londres
13 - Winter Gardens Pavilion, Weston-super-Mare
7 - London Palladium, Londres
7 - London Palladium, Londres

Shows em Fevereiro
27 - Hard Rock, Manchester

16 - Popgala, Amsterdam - Holanda

6 - Hordern Pavilion, Sydney - Austrália
4 - Royal Melbourne Showgrounds, Melbourne
3 - Royal Adelaide Showgrounds, Adelaide
1 - Festival Hall, Melbourne

 

        Outra jogada de Chandler estava sendo posta em prática. No ano anterior, o compacto Mama Weer All Crazee Now entrou nas paradas direto no segundo lugar. Ou seja, que tal bater os Beatles e Elvis Presley, que tinham compactos que entraram direto em primeiro lugar? Naqueles dias, um artista podia ter um acetato de seu novo disco tocando nas rádios três semanas antes de seu lançamento. A estratégia do Slade seria obter o máximo de propaganda antes do lançamento oficial do novo compacto, gerando pedidos antecipados para o mesmo. Na Inglaterra, os novos lançamentos aconteciam tradicionalmente nas sextas-feiras, com os picos de vendas sendo na própria sexta e no sábado. O grande programa musical da TV era o Top Of The Pops, exibido nas quintas-feiras. No programa eram exibidos os clips das músicas que estavam nas paradas de sucesso. A jogada era obter maciça execução nas rádios, para o grupo aparecer no programa divulgando o novo compacto na véspera de seu lançamento! Como a parada das vendas era compilada na segunda-feira, de noite, eles teriam dois dias e meio de vendas para entrarem direto em primeiro lugar. E o disco Cum On Feel The Noize entrou direto em primeiro!!! E ficou nas paradas, em primeiro, por três semanas.

Clique e veja o clipe de Cum On Feel the Noize

 

        No mês de Março o grupo participou do tradicional concerto dos vencedores do New Musical Express Annual Poll Winners, no estádio de Wembley.

O programa do Concerto
O Slade ANTES do show, no camarim

 

Shows em Março
31 - Sporthal Arena, Deurne - Bélgica

27 - Te Rapa Racecourse, Hamilton - Nova Zelândia

25 - Wembley Empire Pool, Londres (2 shows)

24 - National Stadium, Dublin - Irlanda (2 shows)

23 - Ljubljana - Eslovênia

10 - POP GALA'73 1973 - Holanda

9 - Stadthalle, Offenbach - Alemanha
8 - Nordseehalle, Emden - Alemanha
7 - Festhalle, Levern - Alemanha

 

        Em Abril, o grupo embarca para os EUA. A tour mais ousada, abrindo para grupos consagrados ou dividindo concertos com atrações inglesas e locais. Dave Hill foi "moldado" para as platéias americanas: uma roupa com largas ombreiras, lembrando o uniforme dos jogadores de futebol americano. E uma guitarra que simplesmente era a cara dele: a "Superyob", feita especialmente pelo luthier John Birch.

Dave Hill, sua guitarra "Superyob" e os "uniformes americanos"

 

 

        Em um dos shows do dia 20 de Abril, na Academy of Music de Nova Iorque, os membros do KISS estavam na platéia. Disseram que o show do Slade influenciou demais a banda a partir deste dia. Só haviam feito 6 shows no Coventry e 8 no The Daisy, entre Janeiro e Abril de 1973. Ainda sem os saltos plataforma e muita coreografia. Claro que Dave Hill deixou Gene Simmons e, especialmente, Paul Stanley, impressionados. Tanto que falam disso até nas entrevistas atuais, quando perguntados sobre suas influências:



Shows em Abril
30 - Agora, Cleveland - Estados Unidos
29 - Agora, Cleveland - Estados Unidos
28 - Kinetic Playground, Chicago - Estados Unidos
27 - owtown Ballroom, Kansas City - Estados Unidos
26 - Orpheum Theatre, Boston (tarde) - Estados Unidos
26 - Kinetic Playground, Chicago (noite) - Estados Unidos

25 - Maple Leaf Gardens, Toronto (tarde) - Canadá
25 - London Gardens, London (noite) - Canadá
24 - Capitol Theatre, Montreal - Canadá
23 - London Gardens, London - Canadá

22 - Foxy Lady, Akron - Estados Unidos
20 - Academy of Music, Nova Iorque (tarde) - Estados Unidos
20 - Academy of Music, Nova Iorque (noite) - Estados Unidos

12 - Falkoner Teatret, Copenhagen - Dinamarca

 

.

 

Memórias da Costa Leste: Anúncio da Polydor no Village Voice e da Academy of Music, sobre o show extra

 

Shows em Maio
31 - Green's Playhouse, Glasgow

25 - Capitol Theatre, Passaic - Estados Unidos
22 - Oriental Theatre, Milwaukee - Estados Unidos
19 - Majestic Theatre, Dallas - Estados Unidos
18 - Santa Rosa Theatre, Houston - Estados Unidos
17 - Armadillo World Headquarters, Austin - Estados Unidos
12 - Paramount Theatre, Portland - Estados Unidos
11 - Paramount Theatre, Seattle - Estados Unidos
10 - Rainbow Ballroom, Fresno - Estados Unidos
9 - Terrace Ballroom, Salt Lake City - Estados Unidos
7 - Rainbow Ballroom, Fresno - Estados Unidos
6 - Winterland Arena, San Francisco - Estados Unidos
5 - Winterland Arena, San Francisco - Estados Unidos
4 - San Jose State University Student Union Ballroom, San Jose - Estados Unidos
3 - Santa Monica Civic Auditorium, Santa Monica - Estados Unidos
2 - Masonic Temple Theatre, Detroit - Estados Unidos
1 - Agora, Cleveland - Estados Unidos

 

Memórias da Costa Oeste: A fachada do Winterland, o grupo ao vivo e um Ticket do Capitol

        Entrevistas em estações de rádio, jornais, e não havia um hit para promover (graças à incompetência da Polydor). Mas os shows eram um relativo sucesso, já que tocavam em teatros para 2 mil pessoas, sempre lotados. Mas estavam longe da histeria causada na Europa. Talvez pelo fato de seus discos serem "pesados demais" para as AMs (que só tocavam "As 40 Mais" das paradas), e "leves demais" para as FMs (que só tocavam músicas de LPs). Segundo comentários do Slade hoje, se naquela época existisse a MTV, as coisas teriam sido diferentes na América.

Dave Hill "socializando", em uma festa promocional em Los Angeles.
Ele está com as famosas groupies Sabel Starr e Lori Maddox (futura namorada de Jimmy Page!)

 

Shows em Junho
15 - University, Leeds
14 - Victoria Hall, Hanley
13 - King George's Hall, Blackburn
12 - Sheffield City Hall, Sheffield
11 - Southampton Guildhall, Southampton
10 - Top Rank, Cardiff
9 - Colston Hall, Bristol
8 - Birmingham Town Hall, Birmingham
6 - Brighton Dome, Brighton
5 - Civic Hall, Wolverhampton
3 - Civic Hall, Wolverhampton
2 - Newcastle City Hall, Newcastle
1 - Empire Theatre, Edinburgh

 

        De volta à Inglaterra, o novo compacto, Skweeze Me, Pleeze Me, também entrou direto nas paradas em primeiro lugar, fazendo do Slade o primeiro (e único!) artista a ter dois discos sucessivos entrando direto em primeiro lugar.

O grupo divulgando o compacto no Top of the Pops da BBC

 

        Mas a maior consagração viria durante a turnê inglesa, iniciada em junho. No dia 1o de julho, um domingo, o grupo foi tocar no famoso Earls Court Exhibition Centre. Eles haviam reservado o local com antecedência, mas foram o segundo grupo de rock a tocar lá. David Bowie e seus Spiders From Mars tocaram em junho, show que foi um tremendo fiasco. Mas para o Slade as coisas foram muito diferentes. Haviam mais cartolas (e fraques vermelhos!!) naquele domingo do que em qualquer evento social. Os 18 mil fãs foram à loucura com o mestre de cerimônias e cantor-com-voz-de-gralha-esganiçada Noddy Holder, com o baixo arrebatador de Jim Lea, com os riffs e a purpurina de Dave Hill, e com a marcante bateria de Don Powell. Os quatro meninos de Wolverhampton eram agora ídolos nacionais.

Memórias do show de Earls Court: o anúncio do show, um ticket e um vídeo raríssimo, com Skweeze Me, Pleeze Me

.. .

As imagens impressionam até hoje...

A consagração em Earls Court

 

        Mas a vida prega peças nas pessoas. No dia 4 de julho, o baterista Don Powell sofre um trágico acidente de carro, onde sua namorada morre e ele fica em coma por vários dias. No fim de semana seguinte o grupo havia acertado a participação em um show na Isle of Man. Não havia como desmarcar e o irmão de Jim Lea, Frank, tocou bateria neste dia.

O estado do carro de Don
O grupo com Frank Lea

 

Shows em Julho
29 - Palace Lido, Douglas, Isle of Man
8 - Palace Lido, Douglas, Isle of Man
1 - Earls Court, Londres

 

A primeira aparicção pública de Don após o acidente: 12 de Agosto, em Brands Hatch

 

        No final de setembro o grupo embarcou para mais uma turnê americana, com Don Powell de volta à bateria! As únicas seqüelas do acidente, que persistem até hoje, são lapsos de memória (ele precisa anotar tudo o que acontece, pois vai esquecer em seguida!), e a total perda do paladar! Cenas hilárias aconteciam nos shows, pois Don parava e perguntava para Jim: "o que eu toco agora?," totalmente em pânico pela amnésia. A resposta era: bang, bang, bang!!!

Shows em Setembro
30 - C. Morris Civic Auditorium, South Bend - Estados Unidos
29 - Louisville Convention Center, Louisville - Estados Unidos
28 - Ellis Memorial Auditorium, Memphis - Estados Unidos
27 - Masonic Temple Theatre, Detroit - Estados Unidos
25 - Sunshine In, Asbury Park - Estados Unidos
23 - Onondaga War Memorial Auditorium, Syracuse - Estados Unidos
22 - State University of New York at Geneseo, Geneseo - Estados Unidos
21 - Capitol Theatre, Passaic - Estados Unidos

 

        Na Inglaterra, o novo compacto My Friend Stan, lançado em 28 de Setembro, só chegou ao segundo lugar", o que decepcionou a banda e seu empresário. Será que a "estratégia" dos primeiros lugares não funcionava mais? As composições já não eram sucesso? Esta música foi composta por Noddy e Jim assim que souberam que Don estava hospitalizado. Foi dedicada para ele.

Clique para ver o clipe de My Friend Stan

 

        Para acalmar os ânimos, a coletânea Sladest, lançada no mesmo dia, ficou em primeiro lugar durante três semanas. Isto devolveu a alegria a dupla de compositores, Noddy e Jim. O interessante deste disco foi trazer, além dos sucessos das paradas, músicas do disco Play It Loud, que na época foram mal divulgadas.

        Durante a passagem por Nova Iorque, a partir do dia 7 de Outubro, o grupo gravou um novo compacto, no Record Plant Studio, na mesma semana em que John Lennon estava gravando o disco Mind Games. Jim Lea ficou eufórico em usar o mesmo piano que John! Em pleno verão americano eles gravaram Merry Xmas Everybody, cantando a maior parte do refrão nos corredores do estúdio Receberam comentários do tipo "que ingleses babacas", por parte dos nova-iorquinos presentes.

        Outra atividade durante esta passagem pelos Estados Unidos foi a mudança de gravadora. Cansado do tratamento dado pela Polydor americana, Chass Chandler fecha acordo com a poderosa Warner Reprise.

No dia 22 de Outubro, na KSJO Radio, de San Jose, California

 

Shows em Outubro
31 - Alhambra, Bordeaux - França
30 - Poitiers - França
29 - Palais des Sports, Paris - França

27 - Mehrzweckhalle, Zofingen - Suíça

26 - Hallen, Kortrijk - Bélgica
25 - Forest National / Vorst Nationaal, Forest - Bélgica

21 - Long Beach Arena, Long Beach - Estados Unidos
20 - Winterland Arena, San Francisco - Estados Unidos
19 - Winterland Arena, San Francisco - Estados Unidos
18 - Auditorium Theatre, Chicago - Estados Unidos
16 - Auditorium Theatre, Chicago - Estados Unidos
15 - Minneapolis - Estados Unidos
12 - Curtis Hixon Convention Hall, Tampa - Estados Unidos
8 - Sunshine In, Asbury Park - Estados Unidos
7 - Falls Church - Estados Unidos
6 - Academy of Music, Nova Iorque - Estados Unidos
5 -Valley Forge Music Fair, Devon - Estados Unidos
4 - Dome Auditorium, C.W. Post College, Brookville - Estados Unidos
2 - Kiel Auditorium, St. Louis - Estados Unidos
1 - Shrine Mosque, Springfield - Estados Unidosa

 

 

Revista alemã divulga a nova turnê do grupo pelo país, em Novembro

 

        No dia 6 de Novembro estava programado um segundo show na Noruega, em Bergen. Mas como o Slade foi eleito o "Grupo do Ano" pela revista finlandesa 'Suosikki', foram convencidos pelo público e pela revista a mudarem o show para Helsinki. Mas nem tudo eram flores na turnê. Na Suécia, quando chegaram no dia 8, o grupo foi revistado com extremo rigor e certa violência pela polícia, que buscava drogas. Chegaram a mastigar os chicletes de Don para saber se havia alguma droga misturada.

Foto publicada pela revista 'Suosikki' depois do show na Finlândia

 

Shows em Novembro
23 - Holstebrohallen, Holstebro - Dinamarca

20 - Circus Krone, Munich - Alemanha
19 - Rhein-Neckar-Halle, Eppelheim - Alemanha
17 - Rosengarten, Mannheim - Alemanha
15 - Deutschlandhalle, Berlin - Alemanha
14 - Hanover - Alemanha
13 - Musikhalle, Hamburgo - Alemanha
12 - Jahrhunderthalle, Frankfurt - Alemanha

10 - Vejlby-Risskov Hallen, Risskov - Dinamarca
9 - KB Hallen, Copenhagen - Dinamarca

8 - Scandinavium, Gothenburg - Suécia

7 - Ekeberghallen, Nordstrand - Noruega

6 - Jäähalli, Helsinki - Finlândia

5 - Ekeberghallen, Oslo - Noruega

 

        Mas o grande sucesso veio em dezembro: Merry Xmas Everybody entrou direto em primeiro lugar, o terceiro do grupo a fazê-lo, tornando-se um recorde imbatível até os dias de hoje! A música de Natal gravada em pleno verão era um sucesso.

        Este disco, que vendeu 300 mil cópias na época é, ao lado de Happy Christmas (War Is Over), de John Lennon, a música padrão de Natal, tocada nas rádios até hoje na Inglaterra. Noddy Holder diz que esta música é a sua aposentadoria, pois rende anualmente 500 mil Libras em direitos autorais. Ou seja, cerca de 2 milhões e 500 mil Reais em valores de Junho/2018.

Clique para assistir o clipe de Merry Xmas Everybody

 

"To 1974, We Just Wanna A Little Bit"

      

Discografia Slade (terceira parte)

 

CS Cum On Feel The Noize / I’m Mee, I’m Now, An’ That’s Orl
(Polydor 2058 339) - 23/02/1973
CS Skweeze Me, Pleeze Me / Kill ‘Em At The Hot Club Tonite (Polydor 2058 377) – 22/06/1973
CS My Friend Stan / My Town
(Polydor 2058 407) – 28/09/1973
LP Sladest
(Polydor 2442 119) – 28/09/1973
CS Merry Xmas Everybody / Don’t Blame Me
(Polydor 2058 422) – 07/12/1973

 

 

REFERÊNCIAS DA PESQUISA

Official Charts: www.officialcharts.com (http://www.officialcharts.com/artist/30945/slade/)

Slade Scrapbook: www.sladescrapbook.com

From Roots to Boots: www.sladestory.blogspot.com.br (mcp59@live.co.uk)

Slade Discography: www.discogs.com (https://www.discogs.com/artist/124534-Slade?page=2)

https://en.wikipedia.org/wiki/Slade

Feel the Noize! An Illustrated Biography, by Chris Charlesworth. Omnibus Press, London. 1984,